Pesquisas Individuais e Coletivas

Conheça as pesquisas realizadas pelos petianos

Olá! Você quer conhecer mais sobre as pesquisas do PET?

Se o seu interesse é conhecer mais sobre as atividades voltadas para a parte acadêmica, você está no lugar certo! Aqui você encontra todas as pesquisas que estão sendo realizadas atualmente.

Desde o ingresso no PET, cada membro deve realizar uma pesquisa individual de duração mínima de 12 meses, a fim de proporcionar aos petianos aquisição de conhecimento técnico-científico, de ferramentas de pesquisa e de formação em metodologia científica. Após a primeira pesquisa individual, o petiano pode escolher entre começar uma nova ou apenas permanecer vinculado a pesquisas coletivas.

Para facilitar, clique no item que deseja abaixo!

loupe

Pesquisas Individuais

Breve descrição das pesquisas individuais dos atuais petianos

Desenvolvimento de um software para a gestão de equipamentos médico-hospitalares

Aluna: Anna Karolinna Machado

Orientador: Fernando Pasquini

O objetivo dessa pesquisa é desenvolver um software para monitoramento e gestão de equipamentos médico-hospitalares de um Estabelecimento Assistencial de Saúde (EAS). O diferencial desse projeto é o uso de QR Code para a identificação dos aparelhos, de forma a facilitar seu rastreio dentro da unidade, e também usando uma interface simples e objetiva, de modo que auxilie na mapeamento e controle das manutenções preventivas e/ou corretivas realizadas.

Desenvolvimento de um software para a gestão de equipamentos médico-hospitalares

Aluna: Carolina Beatriz Pereira

Orientador: Fernando Pasquini

O objetivo dessa pesquisa é desenvolver um software para monitoramento e gestão de equipamentos médico-hospitalares de um Estabelecimento Assistencial de Saúde (EAS). O diferencial desse projeto é o uso de QR Code para a identificação dos aparelhos, de forma a facilitar seu rastreio dentro da unidade, e também usando uma interface simples e objetiva, de modo que auxilie na mapeamento e controle das manutenções preventivas e/ou corretivas realizadas.

Grupos de sufixos e o vetor de LCP em tempo linear

Aluno: Cayo Phellipe Ramalho

Orientador: Felipe Alves da Louza

O principal objetivo deste projeto de pesquisa é estudar o algoritmo de construção de vetores de sufixos proposto por Baier e investigar alternativas para adicionar a construção do vetor de LCP durante a ordenação dos grupos de sufixos. Além disso, assuntos relacionados, como a construção de outras estruturas de dados, como a transformada de Burrows-Wheeler (BWT), durante o algoritmo proposto por Baier também serão investigados. Este projeto contribuirá com o avanço e desenvolvimento de novas soluções para a construção do vetor de LCP. Acreditamos que essas soluções apresentarão um bom desempenho e escalabilidade, caracterizando se como alternativas para tratar grandes volumes de dados.

Aplicação da realidade virtual na reabilitação de pacientes amputados que sofrem de síndrome do membro fantasma

Aluno: Conrado Neto

Orientador: Alexandre Cardoso

A síndrome do membro fantasma é uma condição neurofisiologica em que a amputação do membro não é reconhecida pelo cerebro, ocasionando dores intensas. Um tratamento já aplicado é a utilização do espelhamento para tratar essa condição.
O objetivo dessa pesquisa é utilizar a realidade virtual na reabilitação desses pacientes e estudar a aplicação da realidade virtual aumentada para além do combate a dor, desenvolver um software que permita uma melhor sincronização do amputado com sua prótese.

Projeto de biorreator para engenharia tecidual de valvas cardíacas

Aluna: Fabiana Costa

Orientador: Márcia Simbara

Existem quatro valvas cardíacas no organismo humano: as valvas mitral e tricúspide, que separam os átrios dos ventrículos, e as valvas aórtica e pulmonar, que separam os ventrículos das artérias aorta e tronco pulmonar. Elas são estruturas que tornam possível um fluxo laminar, intermitente e unidirecional de grandes volumes de sangue, sendo submetidas a constantes mudanças nas forças hemodinâmicas como resultado da diferença de pressão entre a sístole e a diástole. As duas formas mais comuns de tratamento de doenças congênitas ou adquiridas e defeitos de valvas cardíacas atualmente envolvem o reparo ou a substituição da mesma, e a engenharia tecidual in vitro contribui para o desenvolvimento de próteses capazes de regenerar e crescer junto ao indivíduo. Essa abordagem faz uso de um biorreator para criar um ambiente controlado para induzir formação de tecido em scaffolds biodegradáveis após deposição celular. Assim, o objetivo dessa pesquisa é, através de uma revisão bibliográfica, desenvolver um projeto teórico dos principais módulos e mecanismos de controle de um biorreator para engenharia tecidual in vitro de valvas cardíacas.

Próteses para Artroplastia Total do Quadril: mercado brasileiro e sua inserção no contexto mundial

Aluna: Giovana Saraiva

Orientadora: Márcia Simbara

Este projeto de pesquisa tem como objetivo realizar a comparação do mercado brasileiro das próteses de quadril com o mercado internacional. A metodologia se iniciou pelo estudo acerca dos biomateriais utilizados nestes dispositivos, pela compreensão do histórico das próteses no Brasil e pela identificação do estado da arte nesta área. Sequencialmente, será feito um delineamento do mercado por meio de um levantamento de dados das marcas e modelos nacionalmente fabricadas e/ou comercializadas. Por fim, estes dados serão confrontados com o que foi encontrado na literatura acerca dos dispositivos e tecnologias internacionais. Pretende-se, com isso, descrever a mútua relação de influência e impacto do cenário brasileiro com o mercado internacional e os principais contrastes destas duas realidades.

Avaliação da radiação espalhada em mamografia digital usando simulações Monte Carlo

Aluno: João Victor Novais

Orientador: Diego Merigue da Cunha

A partir de código computacional e utilizando o método Monte Carlo, são feitas simulações do transporte da radiação. Assim, representar a trajetória de elétrons e fótons em determinados materiais, geometria e composição, bem como as características do feixe de fótons emetido. Assim, buscar entender como funciona o processo pra melhor formação de imagem sem prejudicar a saúde da paciente, identificando com maior facilidade nódulos e cistos.

Desenvolvimento de um software para a gestão de equipamentos médico-hospitalares

Aluno: João Víctor Mendes

Orientador: Fernando Pasquini

O objetivo dessa pesquisa é desenvolver um software para monitoramento e gestão de equipamentos médico-hospitalares de um Estabelecimento Assistencial de Saúde (EAS). O diferencial desse projeto é o uso de QR Code para a identificação dos aparelhos, de forma a facilitar seu rastreio dentro da unidade, e também usando uma interface simples e objetiva, de modo que auxilie na mapeamento e controle das manutenções preventivas e/ou corretivas realizadas.

Plataforma para validação e testagem de sensores neuromórficos

Aluno:Pedro Bessa

Orientador: Alcimar Soares e Ana Clara Pereira

Resumo: A pesquisa é voltada para o desenvolvimento, modelagem e montagem de uma plataforma com controle computacional de velocidade horizontal e pressão constante para a validação e testagem de interface e sensores neuromórficos em diferentes texturas.

A implantação de um serviço de Engenharia Clínica em um Estabelecimento Assistencial de Saúde

Aluna: Narrayanni Isabelly Santana

Orientadora: Selma Therezinha Milagre

O trabalho consiste na análise e avaliação da inserção de um serviço de Engenharia Clínica em um EAS com o objetivo de verificar a importância e a necessidade dessa área dentro de ambientes hospitalares com relação à organização do parque tecnológico de equipamentos médicos, visando a conservação, segurança e diminuição de custos com manutenções corretivas. A pesquisa acompanha desde o início da implantação até a consolidação do serviço.

Estudo sobre condições de cultura celular na engenharia tecidual de valvas cardíacas

Aluna: Nathalia Lopes

Orientadora: Márcia Simbara

As doenças valvares podem ser consideradas a próxima epidemia cardíaca, pois as válvulas suportam mais de 30 milhões de ciclos cardíacos por ano e muitos esforços biomecânicos para permitir a passagem do fluxo sanguíneo e a aórtica é uma das mais acometidas por estas disfunções. Em muitos casos, há a necessidade da substituição da válvula, podendo ser mecânica ou biológica. A engenharia tecidual, responsável pelos avanços tecnológicos como durabilidade e calcificação das próteses, através de scaffolds, que são uma espécie de suporte para o desenvolvimento e semeadura das células, que pode ser de válvulas descelularizadas ou biomateriais como os polímeros, permite que ocorra a regeneração celular e consequente sintetização de tecido após biodegradação do biomaterial, formando uma válvula funcional. Mas ainda há muito a evoluir, diante disso o estudo da cultura celular, objetivo desta pesquisa bibliográfica, é imprescindível para a recomendação de tipos celulares e definição das condições do meio de cultura in vitro para a engenharia tecidual de válvulas cardíacas.

Aplicação da realidade virtual na reabilitação de pacientes amputados que sofrem de síndrome do membro fantasma

Aluna: Priscila Alves

Orientador: Alexandre Cardoso

A síndrome do membro fantasma é uma condição neurofisiologica em que a amputação do membro não é reconhecida pelo cerebro, ocasionando dores intensas. Um tratamento já aplicado é a utilização do espelhamento para tratar essa condição.
O objetivo dessa pesquisa é utilizar a realidade virtual na reabilitação desses pacientes e estudar a aplicação da realidade virtual aumentada para além do combate a dor, desenvolver um software que permita uma melhor sincronização do amputado com sua prótese.

Elaboração de um guia para aquisição e processamento de imagens de microCT de arcabouços para engenharia tecidual

Aluna: Renata Moreira

Orientadora: Márcia Simbara

Arcabouços dão suporte inicial para as células, com o objetivo de substituir ou regenerar tecidos. Seus poros são importantes para a migração e crescimento celulares, e avaliar características como o tamanho e distribuição dos mesmos ajuda a entender o desempenho biológico do arcabouço e suas propriedades mecânicas. Há várias técnicas para caracterizar essas estruturas, mas muitas não são adequadas para todos os tipos de material. A técnica de microCT é considerada promissora, por ser não destrutiva e permitir a visualização do interior de diferentes tipos de amostra. A proposta desta pesquisa é desenvolver um guia que descreva o preparo de amostras, a operação do equipamento e processamento de imagens pós aquisição, para facilitar o desenvolvimento de trabalhos na área. 

loupe

Pesquisas Coletivas

Trabalhos publicados pelo PET em eventos científicos

Engenharia Biomédica no Brasil: Um Perfil dos Cursos de Graduação

Artigo publicado no CBEB 28/10/2020

Clique aqui para acessar o artigo na íntegra

A Engenharia Biomédica (EB) é uma área que engloba conhecimentos da engenharia e das ciências em saúde, com o propósito de aplicar mecanismos tecnológicos no aprimoramento da saúde humana. Considerando a existência de vários cursos de graduação de EB no Brasil, faz-se interessante compreender quais são os aspectos comuns e também as particularidades dos cursos ofertados. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo realizar uma análise comparativa das matrizes curriculares do curso de Engenharia Biomédica das Instituições de Ensino Superior (IES) do Brasil a fim de determinar as áreas em foco de cada instituição. Desta forma, realizou-se uma pesquisa exploratória no portal e-MEC e foram selecionadas dezoito IES para posterior coleta de informações sobre o curso. Em seguida, estes dados foram organizados e aplicados métodos estatísticos para extração de informações sobre o perfil e a forma de distribuição dos conteúdos específicos da EB nestas faculdades. Este estudo pode ser utilizado por estudantes que visam ingressar em cursos de EB, auxiliando na compreensão das estruturas curriculares gerais de diferentes instituições.

40993498_862470537475083_6947492050937839616_o

HOOK: Um Relato Sobre o Evento Realizado na Universidade Federal de Uberlândia

Artigo publicado no CBEB 28/10/2020

Clique aqui para acessar o artigo na íntegra

A competição HOOK – Desafio Capitão Gancho foi desenvolvida pelo PET Engenharia Biomédica com o intuito de proporcionar aos graduandos dos cursos de Engenharia novas formas de aprendizado, e de colocar em prática aquilo que foi visto na sala de aula. O desafio consiste em mover objetos em tarefas com objetivos distintos, utilizando um braço robótico controlado por sinais provenientes da eletromiografia ou sensores inerciais. O HOOK é um desafio inovador que leva a equipe competidora a testar a sua engenhosidade, seu conhecimento e sua capacidade de desenvolver soluções para os problemas que serão enfrentados durante a construção do braço robótico e das estratégias de controle necessárias.